Moorish Castle - Entrance (The Castle of the Moors)

O Castelo dos Mouros é uma fortificação construída em meados do século X pelos mouros do norte da África, durante a conquista da Península Ibérica. Os mouros escolheram uma localização militar estratégica, no alto das montanhas entre duas paredes graníticas,  estendo-se irregularmente sobre os picos das íngremes  penhascos.

Além da sua localização estratégica, definitivamente temos de admirar as vistas de tirar o fôlego. De um lado da colina, situa-se o maravilhoso Palácio da Pena e no vale, o mais antigo palácio de Portugal, o Palácio Nacional de Sintra. As paisagens deslumbrantes incluem, quando o tempo o permite, a vista sobre o Oceano Atlântico, o Cabo da Roca, o Palácio Nacional de Mafra e a Vila de Sintra.

O Castelo dos Mouros é hoje um monumento reclassificado, que continua a ser melhorado e merece realmente uma visita. São 450 metros de perímetro cercados por muros e torres, repletos de degraus, guaritas, uma cisterna, uma capela, uma exposição permanente de descobertas arqueológicas, muito bem documentadas e também um café entre outros úteis serviços de apoio. O castelo está classificado como Monumento Nacional desde 1910 e, juntamente com a Serra de Sintra, foi considerado Património Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1995.

Dentro do espaço, os trabalhos arqueológicos vieram revelar a presença humana durante o período Neolítico (5.000 aC), embora a primeira aldeia relacionada com o castelo, fosse datada do século VIII, quando a invasão muçulmana aconteceu na Península Ibérica. Esses fatos também fazem parte da exposição aberta ao público, que começa logo antes da entrada principal.

Um pouco mais da história, diz-nos que a Igreja de São Pedro de Canaferrim, que fica ao lado do Castelo dos Mouros, foi construída por D. Afonso Henriques, após a conquista de Lisboa aos mouros em 1147.

Aberto todos os dias das 09:00 às 20:00 (horário de verão) e das 10:00 às 18:00 (inverno).

Comments are closed.