Chalet da Condessa D’Edla

Chalet da Condessa D’Edla, é uma mansão do século XIX construída pelo Rei D. Fernando II e sua segunda esposa Elise Hensler (condessa de Edla) entre 1864 e 1869.

O Chalet da Condessa D’Edla é extremamente pitoresco, mantendo o modelo alpino que estava em voga na Europa nesse tempo. São bastante notáveis, os murais pintados para imitar o revestimento de madeira, diferentes materiais de estuque e azulejos pintados.

A cortiça está muito presente, decorando portas e janelas, beirados e varandas, bem como troncos de árvores nas fachadas. Todos estes elementos, tornam o Chalet da Condessa D’Edla único e tão inspirador.

A casa está situada na extremidade oposta do parque em relação ao Palácio, mantendo assim uma importante relação visual com ela.

A presença harmoniosa dos elementos que compõem a paisagem, é acentuada pela proximidade de um grupo de enormes blocos de granito, as Pedras do Chalet.

Da varanda do chalet avista-se o mar, o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena. O jardim circundante inclui colecções exóticas, miradouros com vista para o Palácio e para o Castelo dos Mouros. Das várias espécies botânicas, destacam-se as raras árvores-samambaias importadas da Austrália e Nova Zelândia, plantadas no vale.

Adjacente ao Jardim da Condessa D’Edla estão as várias estruturas que compõem a fazenda do Parque da Pena, incluindo os estábulos e uma área que abriga as carruagens puxadas a cavalo, usadas para passeios em torno do Parque.

O Jardim e Chalet da Condessa de Edla, foram classificados como Propriedade de Interesse Público em 1993. Estes, foram incluídos na Paisagem Cultural de Sintra, que foi classificada pela UNESCO como Património Mundial desde 1995.

Horário de verão: das 9h30 às 19h00 diariamente (23 de março a 25 de outubro)
Horário de inverno: das 10h00 às 18h00 diariamente (26 de outubro a 22 de março)

Aberto todos os dias.

Comments are closed.