Palácio de Monserrate - Sintra - Vista Sul

O Palácio de Monserrate constitui uma das mais belas criações arquitetónicas e paisagísticas do Romantismo em Portugal.

Sir Francis Cook, um milionário inglês do comércio têxtil, 1º Visconde de Monserrate e proprietário de uma das maiores coleções privadas de arte britânica, foi o criador do jardim e do Palácio de Monserrate, que foram no Século XIX, a residência de verão da família Cook.

Esta antiga propriedade rural de 33 hectares, alberga uma notável coleção botânica com espécies de todo o mundo, estabelecendo cenários contrastantes ao longo de caminhos sinuosos, entre ruínas, quedas de água, vales, jardins temáticos, lagos e muito mais…

No topo do Parque, sobranceiro sobre o jardim e avistando o mar, ergue-se o Palácio. Em 1790 Gerad de Visme, comerciante inglês foi responsável pela construção da primeira estrutura e em 1856, Monserrate é totalmente reabilitado, sob a coordenação do Arq. Inglês James T. Knowlees, para ser a residência de verão da família Cook.


A história remonta a 1540, ano em que foi construída a Capela dedicada a Nª Srª de Monserrate, na colina onde se situa atualmente o Palácio. Nos séculos seguintes a propriedade é alugada a diversas famílias portuguesas e estrangeiras, até que Sir Cook a adquire em 1856.

O Palácio é um exemplo único do espírito eclético do séc. XIX, uma mansão Neo-Gótica, na qual através da galeria, que constitui o corpo central, acede-se à Sala de Jantar, à Biblioteca, à Sala de Bilhar, à Sala Indiana e por último, à maravilhosa Sala da Música.

Atualmente, recebe exposições temporárias de artistas ligados à pintura, escultura e fotografia, estando ainda disponível para a celebração de casamentos.

  • Horários de verão: das 9h30 às 19h00 (de 26 março a 25 outubro)
  • Horário de inverno: das 10h00 às 17h00 (de 26 outubro a 25 março)
    Aberto diariamente
Comments are closed.